Language   

Vejam bem

José "Zeca" Afonso
Back to the song page with all the versions


OriginalVersione italiana di Riccardo Venturi
VEJAM BEMGUARDATE BENE
  
Vejam bemGuardate bene:
que não há só gaivotas em terranon ci son solo gabbiani a terra
quando um homem se põe a pensarquando un uomo si mette a pensare,
quando um homem se põe a pensar.quando un uomo si mette a pensare.
  
Quem lá vemChi arriva
dorme à noite ao relento na areiadorme la notte all'addiaccio sulla rena
dorme à noite ao relento no marall'addiaccio in riva al mare,
dorme à noite ao relento no mar.all'addiaccio in riva al mare.
  
E se houverE anche se
uma praça de gente maduraci fosse una piazza stracolma di gente
e uma estátuae una statua
e uma estátua de febre a ardere una statua che brucia di febbre
  
Anda alguémC'è chi va
pela noite de breu à procuranella notte di pece a cercar qualcosa
e não há quem lhe queira valere non c'è chi voglia aiutarlo
e não há quem lhe queira valer.e non c'è chi voglia aiutarlo.
  
Vejam bemGuardate bene
daquele homem a fraca figurala stanca figura di quell'uomo
desbravando os caminhos do pãoche dissoda i sentieri del pane
desbravando os caminhos do pãoche dissoda i sentieri del pane
  
E se houverE anche se
uma praça de gente maduraci fosse una piazza stracolma di gente
ninguém vem levantá-lo do chãonessuno andrebbe a rialzarlo
ninguém vem levantá-lo do chão.nessuno andrebbe a rialzarlo
  
Vejam bemGuardate bene:
que não há só gaivotas em terranon ci son solo gabbiani a terra
quando um homem,quando un uomo,
quando um homem se põe a pensar.quando un uomo si mette a pensare.
  
Quem lá vemChi arriva
dorme à noite ao relento na areiadorme la notte all'addiaccio sulla rena
dorme à noite ao relento no marall'addiaccio in riva al mare,
dorme à noite ao relento no mar.all'addiaccio in riva al mare.
  
Vejam bemGuardate bene:
que não há só gaivotas em terranon ci son solo gabbiani a terra
quando um homem se põe a pensarquando un uomo si mette a pensare,
quando um homem se põe a pensar.quando un uomo si mette a pensare.
  
Quem lá vemChi arriva
dorme à noite ao relento na areiadorme la notte all'addiaccio sulla rena
dorme à noite ao relento no marall'addiaccio in riva al mare,
dorme à noite ao relento no mar.all'addiaccio in riva al mare.
  
E se houverE anche se
uma praça de gente maduraci fosse una piazza stracolma di gente
e uma estátuae una statua
e uma estátua de febre a ardere una statua che brucia di febbre
  
Anda alguémC'è chi va
pela noite de breu à procuranella notte di pece a cercar qualcosa
e não há quem lhe queira valere non c'è chi voglia aiutarlo
e não há quem lhe queira valer.e non c'è chi voglia aiutarlo.


Back to the song page with all the versions

Main Page

Note for non-Italian users: Sorry, though the interface of this website is translated into English, most commentaries and biographies are in Italian and/or in other languages like French, German, Spanish, Russian etc.




hosted by inventati.org