Lingua   

Onde o sol castiga mais

Paco Bandeira
Lingua: Portoghese



Quem nunca viu, quem nunca andou a combater
Não dá valor, nem faz idéia o que é sofrer
Ter de matar p´ra não morrer
Saber sofrer sem chorar
Saber chorar e sorrir.

Lá longe, onde o sol castiga mais
Não há suspiros nem ais
Há coragem e valor.
E à noite, com os olhos postos no céu
Rogamos ao nosso Deus
Que nos dê a salvação.

E quando alguém do nosso grupo cai
Ainda é pior, ainda sofremos mais.
Faz-nos sentir, faz-nos pensar:
“Talvez da próxima vez
seja eu quem vá tombar”

Lá longe, onde o sol castiga mais
Não há suspiros nem ais
Há coragem e valor.
E à noite, com os olhos postos no céu
Rogamos ao nosso Deus
Que nos dê a salvação.

E à noite, com os olhos postos no céu
Rogamos ao nosso Deus
Que nos dê a salvação.


Pagina principale CCG

Segnalate eventuali errori nei testi o nei commenti a antiwarsongs@gmail.com




hosted by inventati.org